FAO.org

Главная страница > О нас > Кто мы > Генеральный директор > Новости > Новостная статья

Diretor Geral da FAO se reúne com o vice-presidente do Senado Federal brasileiro

“O maior desafio o mundo que enfrenta é o modificar um sistema absolutamente insustentável de produção e consumo” – Jorge Viana
©FAO/Giulio Napolitano
FAO Director-General José Graziano da Silva meeting Jorge Viana Senator, Brazil. FAO headquarters.

6 de dezembro de 2013, Roma - "Não há maior desafio para os que ocupam este planeta que combater a fome, alcançar uma maior disponibilidade de alimentos e reduzir os desperdícios", afirmou, hoje, Jorge Viana, vice-presidente do Senado e Senador brasileiro pelo estado do Acre, após uma reunião com o Diretor-Geral da FAO, José Graziano da Silva, na sede da Organização. “A FAO pode ajudar”, disse Viana.

O Senador afirmou que o maior desafio atualmente é “consolidar um mundo sustentável, alcançar uma melhor oferta e distribuição de alimentos, combater o desperdício, encontrar uma maneira de oferecer água potável a todos e, especialmente, mudar um modelo mental de produção e consumo insustentável. Para isso, necessitamos que cada cidadão, cada governo e cada organização faça uma reflexão sobre suas atividades e sua vida”.

Viana destacou o orgulho para milhões de brasileiros de ter Graziano da Silva à frente da FAO, depois de liderar a concepção e a implementação do programa Fome Zero. “[Graziano] ajudou ao ex-presidente Lula da Silva a implementar algumas das que talvez sejam as políticas públicas mais importantes do mundo como são a inclusão social e a luta contra a fome”, disse o Senador brasileiro. “Hoje está à frente de uma das instituições mais importantes do mundo e pode utilizar toda essa experiência”.

O Diretor Geral da FAO e o Senador brasileiro conversaram sobre o apoio da FAO ao desenvolvimento sustentável do Brasil e a Cooperação Sul-Sul do país sul-americano por meio da FAO.

Gestão sustentável dos recursos naturais

Graziano da Silva e Viana também abordaram a gestão sustentável das florestas e outros recursos naturais: “É preciso modificar um modelo absolutamente insustentável de produção e consumo. Se reproduzimos para os excluídos - a grande maioria da população do planeta - um modelo como o implementado na Europa, nos EUA, no Brasil e em outros países de produção e consumo, o planeta não resistirá. É um sistema completamente insustentável, principalmente no uso dos recursos naturais", concluiu Viana, que durante a sua estadia em Roma também se reuniu com o Papa Francisco.