FAO.org

Home > Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana
Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana
Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana

O Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana (ASTF, na sigla em inglês) é um fundo inovador, liderado por países africanos, destinado a apoiar iniciativas locais de desenvolvimento. Seu principal objetivo é fortalecer a segurança alimentar em todo o continente, ajudando os países e suas organizações regionais a erradicar a fome e a desnutrição, eliminar a pobreza rural e manejar os recursos naturais de maneira sustentável.

Para a nova fase do ASTF, com ampliação das parcerias, o fundo, agora dotado de novos recursos, vem buscando ampliar seu alcance, tanto em termos de volume como de escala do impacto, por meio de três componentes principais. Eis aqui mais informações.

Fatos principais

Destaques do campo

O Fundo Fiduciário de Solidaridade Africana já financiou 18 projetos em 41 países.

Guiné, Libéria, Serra Leoa

Mais de 4 mil famílias de agricultores nas comunidades afetadas pelo vírus do Ébola dobraram o preço e o volume da sua produção agrícola.

Malaui, Mali

2.606 famílias de agricultores e mais de 1.200 mulheres e jovens foram empoderados para participar de forma efetiva nas atividades de produção e comercialização de alimentos.

Etiópia

12 mil pequenos produtores rurais, incluindo mulheres e jovens, aumentaram sua renda graças a um melhor acesso aos insumos.

Níger

160 mil agregados familiares vulneráveis melhoraram sua produtividade agrícola e sua segurança alimentar graças à distribuição de insumos de boa qualidade e aos investimentos.

Burundi, Quénia, Ruanda, Uganda

Mais de 1.500 jovens de ambos os sexos melhoraram sua renda e seu acesso à alimentação através da criação de empregos aceitáveis e do aumento da capacidade produtiva.

Congo, Gâmbia, Suazilândia

Mais de + 1.000 Mais de 1.000 mulheres (incluindo membros dos Clubes Dimitra) foram empoderadas graças á formação em comercialização e desenvolvimento da cadeia de valor, assim como acesso a serviços financeiros e de crédito.

Sudão do Sul

200 mil famílias em áreas afetadas por conflitos aumentaram sua ingestão nutricional e 19 mil famílias protegeram sua subsistência por meio de campanhas de vacinação realizadas em todo o país.

África do Sul

Mais de 4.500 peritos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral aumentaram sua capacidade de combater pragas e doenças transfronteiriças.
If we need navigation buttons -->

News and events

Vozes pela Solidariedade Africana

José Graziano da Silva

Diretor-Geral da FAO

“Estou convencido de que, com o compromisso conjunto e uma forte vontade política, podemos superar as limitações ao desenvolvimento que a África enfrenta hoje em dia.”

Cecilia Obono Ndong

Representante Permanente da Guiné Equatorial junto à FAO

"O Governo da República da Guiné Equatorial está firmemente empenhado no desenvolvimento do Continente Africano. Neste sentido, o país vai acolher e presidir a Mesa Redonda de Contribuidores do Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana, que terá lugar em Malabo este ano. "

Jan Tombinski

Representante Permanente da UE na FAO

“As soluções melhores mais e sustentáveis são as feitas em casa. Deve haver um princípio que nos impele a assumir nosso próprio destino e se apropriar dele. Assim, este Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana é um exemplo de união de forças para enfrentar os desafios que se apresentam diante da África”.

Niu Dun

Representante Permanente da China na FAO

“A África é um continente de esperança e de grande potencial. O ASTF conseguiu realizações maravilhosas, mas ainda temos um longo caminho a percorrer. ”