FAO.org

Home > Region_collector > Américas > FAO in the region > Comissões Regionais > CODEGALAC
Escritório Regional da FAO para a América Latina e o Caribe

A Comissão de Desenvolvimento Pecuário para a América Latina e o Caribe, CODEGALAC, foi criada em 1986 pelo Conselho da FAO, atendendo a uma solicitação dos países membros.

Seu objetivo é apoiar a elaboração de marcos de políticas para o setor e a concepção e a implantação de programas nacionais e regionais de desenvolvimento pecuário.

Comissão de Desenvolvimento Pecuário para a América Latina e o Caribe (CODEGALAC)

A Comissão de Desenvolvimento Pecuário para a América Latina e o Caribe (CODEGALAC) é um órgão técnico consultivo sobre produção pecuária (produção e saúde animal) da Conferência Regional para a América Latina e o Caribe.

A Comissão é uma instância que reúne representantes dos governos e do setor privado da região para o intercâmbio de experiências em políticas e programas de desenvolvimento pecuário e a formulação de estratégias de cooperação para seu fortalecimento.

A assessoria técnica é desempenhada pela FAO, por intermédio do Responsável pelo setor de Desenvolvimento Pecuário do Escritório Regional para a América Latina e o Caribe. As conclusões e recomendações são apresentadas na Conferência Regional da FAO, que define as prioridades regionais da Organização para cada biênio.

Os países membros estão representados por autoridades de governo, vinculadas principalmente a instituições pertencentes aos Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, entre outros, e por observadores de organizações internacionais, o setor privado, organizações pecuárias e a sociedade civil.

Em cada reunião da Comissão, é elaborado um programa de trabalho de dois anos, que abrange a preparação de projetos de cooperação técnica, reuniões de grupos de trabalho, atividades de aprimoramento de capacidades, seminários técnicos sobre política pecuária e fóruns temáticos. As principais áreas de debate são questões normativas e técnicas sobre saúde animal, serviços pecuários, produção pecuária sustentável e mudanças climáticas, produção agropecuária familiar e as tendências de desenvolvimento do setor.

Os países membros concordaram em realizar reuniões bianuais por seções sub-regionais (Cone Sul, Andes e Mesoamérica) para responder aos distintos contextos agroecológicos, produtivos, comerciais e socioeconômicos, em consonância com os acordos de integração regional, a fim de examinar questões de interesse para o desenvolvimento do setor pecuário e determinar as prioridades da cooperação Sul-Sul e a cooperação técnica da FAO na região.

A partir do ano de 2014, haverá três seções: América do Sul (Cone Sul e Andes), Mesoamérica (México, América Central e Caribe hispânico) e Caribe (Caribe de língua inglesa).

Países membros

A CODEGALAC é composta pelos Estados membros que têm direito e que tenham notificado o Diretor Geral da FAO sobre seu interesse em fazer parte da Comissão:

  • Argentina
  • Bahamas
  • Barbados
  • Bolívia
  • Brasil
  • Chile
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • El Salvador
  • Equador
  • Estados Unidos
  • Guatemala
  • Honduras
  • Jamaica
  • México
  • Nicarágua
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • República Dominicana
  • Trinidad e Tobago
  • Uruguai
  • Venezuela