PLANO DE AÇÃO MUNDIAL PARA OS RECURSOS GENÉTICOS ANIMAIS E DECLARAÇÃO DE INTERLAKEN

Comissão de Recursos Genéticos para Agrigultura e Alimentação

PLANO DE AÇÃO MUNDIAL PARA
OS RECURSOS GENÉTICOS ANIMAIS
E DECLARAÇÃO DE INTERLAKEN

Adotados pela Conferência Técnica Internacional sobre
Recursos Genéticos Animais para a Alimentação e a Agricultura
Interlaken, Suíça, 3–7 de setembro de 2007

Download do PDF
- 437 Kb

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA AGRICULTURA E ALIMENTAÇÃO (FAO)
Brasília, DF 2010



RESUMO

O uso sustentável, o desenvolvimento e a conservação mundial dos recursos genéticos animais são de vital importância para a agricultura, a produção de alimentos, o desenvolvimento rural e o meio ambiente. Reconhecendo a necessidade de elaborar um arcabouço eficaz para o manejo desses recursos e fazer frente à ameaça de erosão genética, 109 países se reuniram em setembro de 2007 na primeira Conferência Técnica Internacional sobre os Recursos Genéticos Animais para Agricultura e Alimentação, realizada em Interlaken, Suíça. A conferência aprovou o Plano de Ação Mundial para os Recursos Genéticos Animais, que inclui 23 Prioridades Estratégicas para a Ação, destinadas a promover o manejo racional desses recursos vitais.

O Plano de Ação Mundial é o resultado de um processo de elaboração de relatório, análise e debate, desenvolvido pelos países, que também resultou na preparação do relatório Situação Mundial dos Recursos Genéticos Animais para Agricultura e Alimentação, primeira avaliação completa da diversidade dos recursos genéticos animais e de seu manejo.

De igual modo, a conferência aprovou a Declaração de Interlaken sobre os recursos genéticos animais, que afirma o compromisso dos países em implantar o Plano de Ação Mundial e em garantir que a biodiversidade animal mundial seja utilizada para a promoção da segurança alimentar, e continue disponível para as futuras gerações.



“Esta obra foi publicada originalmente pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), como Global Plan of Action for Animal Genetic Resources and the Interlaken Declaration”.
Esta tradução ficou a cargo da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, a qual se responsabiliza pela sua precisão. As denominações empregadas neste informativo e a forma em que são apresentados os dados aqui contidos não implicam, por parte da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), qualquer juízo sobre a condição jurídica ou nível de desenvolvimento de países, território, cidade ou zonas, nem de suas autoridades, nem em relação à delimitação de suas fronteiras ou limites. A menção de empresas ou de produtos de algum fabricante em particular, estejam ou não patenteados, não implica que a FAO os aprove ou recomende, em relação a outros de natureza similar que não tenham sido mencionados.

Todos os direitos reservados. São autorizadas a reprodução e a difusão de material contido nesse informativo com fins educacionais ou outros fins não comerciais sem prévia autorização, por escrito, dos titulares dos direitos de autor, desde que a fonte seja citada de forma completa. É proibida a reprodução de material contido neste informativo para revenda ou outro fim comercial sem prévia autorização, por escrito, dos titulares dos direitos de autor. As solicitações para obter tal autorização deverão ser solicitadas a:

Chief
Electronic Publishing Policy and Support Branch
Communication Division - FAO
Viale delle Terme di Caracalla, 00153 Rome, Italy
or by e-mail to: copyright@fao.org

© FAO 2010