FAO.org

Home > In Action > Programa Brasil-FAO > Projetos > Fortalecimento da sociedade civil
Programa de Cooperação Internacional Brasil-FAO
©FAO/Dulclair Sternadt

Fortalecimento do Diálogo entre FAO, Governos e Sociedade Civil

A criação de espaços de diálogos com diferentes atores como organismos internacionais, governos, setor privado e academia e, sobretudo, com a sociedade civil é especialmente importante para superar os problemas de pobreza, fome e má nutrição que enfrentam os países latino-americanos. Além disso, gerar estes espaços facilita a participação ativa, principalmente das organizações da sociedade civil, na elaboração, gestão e avaliação de políticas públicas de desenvolvimento rural e segurança alimentar na região.

Com o objetivo de apoiar o acompanhamento e a continuidade de processo de diálogo político e de formação de líderes, se realiza desde o ano de 2008 o projeto de Fortalecimento do diálogo entre a FAO, governos e sociedade civil, uma iniciativa do Governo do Brasil, em conjunto com a Oficina Regional da FAO para a América Latina e o Caribe.

Ao longo de estes sete anos de execução, o projeto obteve importantes conquistas tais como:

  • Abertura da FAO para a sociedade civil;
  • Consolidação da REAF como espaço de diálogo político sobre Agricultura Familiar;
  • Contribuição para o estabelecimento de uma plataforma de diálogo político - Aliança para a Soberania Alimentar;
  • Contribuição para a instalação de uma agenda regional enfocada em políticas de gênero;
  • Maior cooperação Sul-Sul na região.

O projeto

O projeto centrou suas ações em:

Capacitação de líderes de organizações da sociedade civil rural

Por meio do Projeto de Formação de Líderes Rurais, que já capacitou a mais de 330 dirigentes de organizações de representação rural em dez países da região. Este programa aborda temáticas como direito à alimentação, soberania, gestão territorial, segurança alimentar, políticas públicas, acesso a recursos produtivos, tecnologias de informação e comunicacao, liderança e negociação.

Juventude rural - especificamente vinculado à juventude rural, o projeto apoia à formação de jovens que vivem no campo ligado ao Grupo Temático da Reunião Especializada da Agricultura Familiar (REAF), no âmbito do Mercosul ampliado (incluindo também Chile, Bolívia e Equador), com modalidades de cursos de curta duração, de graduação e de especialização.

Diálogos nacionais e regionais

Esta atividade está centrada na perspectiva da construção de políticas públicas participativas para a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e a Agricultura Familiar, realizada entre governos, FAO, parlamentares e sociedade civil, com a finalidade de gerar ou acompanhar agendas de trabalho público-privada. Além disso, permite a aproximação de atores sociais no nível político, inclusive de parlamentares envolvidos com o tema, como os integrantes da Frente Parlamentar contra a Fome. Estes diálogos possibilitam a troca de experiências de sucesso e relevantes sobre SAN e agricultura familiar e envolvem basicamente quatro regiões: Mercosul, Andinos, América Central e Caribe.

Estudos e publicações de apoio

Estudos e publicações de apoio aos processos de formação de líderes, diálogos sociais e gestores de políticas públicas de desenvolvimento rural.