FAO.org

Home > Country_collector > FAO in Mozambique > Notícias > Detail
FAO in Mozambique

FAO e Governo de Manica partilham experiências, lições aprendidas e boas práticas em educação nutricional no âmbito do Sub-programa ODM1c

Esposa do Governador da Província, Ana Mimosa Mucumbe
13/02/2019

Termina esta quarta-feira (13.02.) um seminário provincial de partilha de experiências, lições aprendidas e boas práticas adquiridas em educação nutricional na Província de Manica no âmbito da estratégia de saída do Sub-programa "Acelerar o Progresso Rumo ao Alcance do Objectivo de Desenvolvimento do Milénio 1c (ODM1c) em Moçambique", financiado pela União Europeia e implementado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), em apoio ao Governo de Moçambique.

"Com base nas experiências de cada um dos parceiros", assim expressou na abertura do evento a esposa do Governador da Província, Ana Mimosa Mucumbe, "vamos fazer os possíveis para dar continuidade aos esforços conjuntos no sentido de melhorar a situação nutricional das nossas comunidades".

De forma a assegurar a sustentabilidade das intervenções em educação nutricional na província depois da retirada do Sub-programa da FAO no próximo mês de Junho, os parceiros acordaram quanto ao seguimento das actividades pelas direcções provinciais de agricultura e segurança alimentar assim como saúde.

Falando também na abertura do evento, o coordenador do Sub-programa ODM1c no corredor da Beira, Roide Tores, lembrou que "só com intervenções que promovam o acesso a alimentos diversificados, mudanças sociais e de comportamento efectivas e boas práticas alimentares, de higiene e de saúde, é possível alcançar um mundo sem fome e desnutrição". A componente de educação nutricional e hortas caseiras do ODM1c, continuou Tores, teve como objectivo diversificar a dieta e aumentar os conhecimentos sobre boas práticas nutricionais, em particular para mulheres e crianças, contribuindo para a redução da desnutrição crónica, em alinhamento com as políticas do Governo.

Desde o início da sua implementação em 2013, as intervenções-chave do Sub-programa ODM1c incluíram:
(i) promoção da produção de sementes por pequenos produtores, (ii) melhoria do acesso a insumos agrícolas melhorados para agricultores de subsistência e emergentes através do subsídio de insumos (e-voucher), (iii) facilitação do acesso aos serviços de extensão através da consolidação e expansão da metodologia da Escola na Machamba do Camponês (EMC), (iv) manuseamento pós-colheita para redução de perdas e construção de celeiros tipo Gorongosa, (v) aumento da cobertura de serviços de vacinação de aves contra a doença de Newcastle para a promoção do consumo de proteína animal e (vi) promoção da educação nutricional com a integração de hortas caseiras, em particular para mulheres e crianças.

Depois de o evento ter reunido esta terça-feira, em Chimoio, representantes do Governo de Manica aos níveis provincial e distrital, organizações comunitárias de base (OCBs) e parceiros da área de educação nutricional, esta quarta-feira, os participantes visitam o Distrito de Sussundenga, um dos três beneficiários (além de Manica e Gondola) da componente de educação nutricional e hortas caseiras do Sub-programa ODM1c. As actividades do ODM1c cobriram ainda as províncias de Sofala, Tete, Zambézia e Nampula.