Núcleo de Capacitación en Políticas Públicas

Circuitos Curtos de Comercialização e Agricultura Familiar Uma ferramenta para alcançar mercados inclusivos

Modalidad: Autoaprendizagem | Desde el 24-11-21 hasta el 31-12-22

O Curso “Circuitos Curtos de Comercialização e Agricultura Familiar Uma ferramenta para alcançar mercados inclusivos”, é parte da Plataforma Técnica Regional para a Agricultura Familiar (https://www.fao.org/americas/daf/plataforma/es/), em parceria com os projetos "Semeando Capacidades" (ABC, MAPA Brasil, MADR Colômbia y FAO) e Farmers Organizations for African, Caribbean and Pacific countries FO4ACP (FIDA, UE, OACPS, PROCASUR y FAO). Essa Plataforma promove inovações institucionais e técnicas que fortalecem os agricultores familiares e pequenos produtores de todo o mundo, por meio da mobilização do conhecimento, experiências, boas práticas existentes e do fomento ao diálogo, aprendizagem e colaboração entre diversos sócios internos e externos à FAO.

A comercialização continua sendo um dos principais desafios da agricultura familiar, por isso são necessários esquemas que favoreçam a qualidade, reduzam a pegada de carbono, uma distribuição mais justa de valor na cadeia, diminuam a intermediação e reduzam as perdas e desperdícios de alimentos.
Os circuitos curtos de Comercialiazação são esquemas em que os agricultores vendem diretamente aos consumidores, ou com intermediação mínima, e são baseados em uma demanda crescente de compradores que procuram produtos locais, frescos, autênticos, saudáveis ​​e sazonais. Circuitos Curtos como feiras camponesas, feiras regionais, esquema de cestas, mercadinhos próprios, entre outros, posicionam-se como uma oportunidade de mercado para a agricultura familiar.
O curso trata do fortalecimento do capital social e da confiança mediante processos associativos e solidários, bem como a produção de alimentos sustentáveis ​​por meio de práticas agroecológicas são identificados como elementos fundamentais para a promoção desses circuitos e o aproveitamento de oportunidades de mercado que valorizem o social e atributos ambientais.
São apresentadas algumas experiências de circuitos curtos no Brasil, Colômbia e outros países da região, mostrando os avanços, oportunidades e desafios para a promoção desses esquemas onde a agricultura familiar desempenha um papel fundamental.

* Lembre-se de escrever seu nome corretamente, pois é o mesmo que aparecerá no certificado e você não poderá modificá-lo posteriormente.

 

 

Ficha do Curso:

Nome:

“Circuitos curtos de Comercialização na Agricultura Familiar”

Tipo de curso:

Curso de autoaprendizagem

Duração total do curso:

20 horas cronológicas

Modalidade e metodologia do Curso virtual:

Este curso é desenvolvido mediante a autoaprendizagem, sendo responsabilidade do participante construir seu próprio conhecimento. Está estruturado em quatro tópicos para exploração sequencial, ou seja, uma vez que um tópico tenha sido totalmente revisado é possível acessar o próximo.

Ao longo do curso o participante terá a oportunidade de revisar conceitos, conhecer e reforçar procedimentos e aplicar critérios. Os tópicos do curso estão ligados ao conhecimento de conceitos e experiências de Circuitos Curtos de comercilaização que os permitam ser reconhecidos como esquemas necessários e pertinentes para o fortalecimento da agricultura familiar e sua vinculação com os mercados.

A metodologia considera a aplicação sistemática de diferentes ferramentas de aprendizagem e exercícios de autoavaliação por unidade, o que facilitará a compreensão dos conteúdos. A revisão dos conteúdos desta unidade curricular exige uma dedicação de aproximadamente 20 horas cronológicas, que podem variar em função das referências que você pretende rever, sendo aconselhável realizar sessões de uma hora, três vezes por semana.

Inicio e término do Curso:

Desde 24 de novembro de 2021.

Público-alvo:
  • Gestores públicos e profissionais que atuam na implementação de programas e ações relacionados a mecanismos e programas de desenvolvimento rural.
  • Representantes de organizações de Agricultura Familiar.
  • Profissionais que atuam em ações no âmbito da Cooperação Sul-Sul em suas diferentes modalidades.
  • Líderes da sociedade civil, representantes do setor privado e da academia, e alunos que tenham interesse no programa do curso.
  • Técnicos e coordenadores que estejam participando em projetos gerenciados pela FAO na região.

 

Objetivo geral:

“Apresentar conceitos e experiências de circuitos curtos de comercilaização que permitam que sejam reconhecidos como esquemas necessários e pertinentes para o fortalecimento da agricultura familiar e seu vínculo com os mercados”.

Objetivos específicos:
  • Gerar competências básicas para interpretar o conceito dos Circuitos Curtos de Comercialização, seus tipos e modalidades.
  • Identificar como os Circuitos Curtos de Comercialização são uma alternativa de intervenção dos Sistemas Territoriais Alimentares, que aproximam a eficiência, a inclusão da Agricultura Familiar, a sustentabilidade ambiental, o comércio justo e o desenvolvimento territorial.
  • Reconhecer a associatividade como estratégia de acesso a diversos mercados e como geradora de capacidades comerciais, técnicas, administrativas e financeiras por parte da Agricultura Familiar.
Conteúdo:
  • Conceitos de Circuitos Curtos de Comercialização.
  • Circuitos Curtos de Comercialização: uma alternativa que nos aproxima de um sistema alimentar eficiente, inclusivo, sustentável e justo.
  • Compra pública de alimentos, um cenário público para dinamizar à agricultura familiar local.
  • Associatividade da agricultura familiar, uma forma de ser competitivos na comercialização de seus produtos.
Requisitos de aprovação:

Para aprovação do curso, deve ser realizada uma avaliação final no final do processo de aprendizagem. A avaliação requer 70% de acerto e pode ser feita em um número indefinido de tentativas.

A medição da avaliação será feita de acordo com a seguinte escala percentual:

  • Sobressaliente: 90 a 100 pontos
  • Notável: 80 a 89 pontos
  • Aprovado: 70 a 79 pontos
  • Reprovado: 0 a 69 pontos
Requisitos de hardware:

Para o correto realização do curso, o participante deve ter as seguintes especificações técnicas mínimas:

  • PC com conexão à internet.
  • A qualidade e velocidade de navegação e download de documentos dependerão exclusivamente da largura de banda da conexão.
  • Memória RAM maior que 1 GB
  • Espaço livre no disco rígido, maior que: 500 MB.
  • Processador de 600 MHz ou superior.
Requisitos de software:
  • Versão mais recente do navegador Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera, com JavaScript habilitado
  • Resolução de tela de pelo menos 1024x768 pixels (largura x altura).
  • Leitor de documentos PDF.
Requisitos adicionais:
  • Conhecimentos de informática de escritório (Word, PowerPoint, Excel), manuseio fluente de e-mail e navegação na Internet.
  • Disponibilidade de pelo menos 8 a 10 horas semanais para leitura e realização de atividades. A programação do curso fica a critério do participante. Você pode entrar na sala de aula quando quiser. Você só deve considerar a entrada, pelo menos três vezes por semana, para leituras e atividades.
Idioma:

O curso será ministrado inteiramente em português.

Código do Curso:

AGPR2021

Certificação:

Assim que o curso for aprovado, os participantes poderão baixar automaticamente o certificado concedido pela FAO RLC na plataforma onde o curso está hospedado.

Por favor, lembre-se de guardar seu certificado muito bem, uma vez que não pode ser baixado novamente quando este treinamento for encerrado.

Iniciativa Regional da FAO com a qual se articula:

IR2: Agricultura familiar e sistemas alimentares inclusivos para o desenvolvimento rural sustentável

Clusters aos quais o curso está integrado:

8 (Agricultura Familiar)

Oficial responsável:

Luiz Beduschi

Contato:

Para consultas adicionais, por favor em contato a [email protected]