FAO.org

Inicio > En acción > Programa de Cooperación Internacional Brasil-FAO > Noticias > Ver
Programa de Cooperación Internacional Brasil-FAO

Seminário Regional reúne representantes da América Latina e Caribe para discutir diretrizes para o desenvolvimento da Agroecologia na região

Este evento se insere em um contexto global e regional de interesse crescente sobre o tema agroecologia.

Foto: MDA

Brasília, 23 de junho de 2015 - Representantes de mais de 21 países da América do Sul, Mesoamérica e Caribe dos setores público, organizações de integração, universidades, além de organizações de produtores rurais e da sociedade civil participarão, em Brasília, de 24 a 26 de junho, de um seminário regional para facilitar o diálogo sobre políticas e discutir diretrizes que levam ao desenvolvimento da agroecologia nos países da região.   

Entre os temas da pauta de discussões estão agroecologia e segurança alimentar; agroecologia e recursos naturais e territórios; agroecologia e diálogo de conhecimentos, inovação e mercados. 

Este evento é realizado no âmbito do Plano de Ação de Agricultura Familiar da Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (CELAC) e se insere em um contexto global e regional de interesse crescente sobre o tema agroecologia, demonstrado por meio de plataformas políticas; experiências produtivas e políticas públicas de desafios para erradicar a pobreza, a fome e a má nutrição; promoção do desenvolvimento sustentável e do direito humano à alimentação adequada e saudável; e conservação da biodiversidade, reconhecimento e valorização da agricultura familiar, dos conhecimentos dos povos indígenas e das comunidades tradicionais. 

O tema agroecologia também foi incluído na agenda da REAF Mercosul, dentro dos  Grupos Temáticos para a Adaptação às Mudanças Climáticas e o Manejo de Risco Climático. 

As contribuições geradas ao longo do Seminário Regional sobre Agroecologia na América Latina e Caribe servirão para a elaboração de diretrizes sobre o tema e discussão nos diferentes fóruns de políticas públicas na região como a Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (CELAC), a Reunião Especializada Sobre Agricultura Familiar do Mercosul (REAF/Mercosul), a Frente Parlamentar contra a Fome, Comunidade do Caribe (CARICOM), Sistema de Integração Centro-americana (SICA), Sociedade Científica Latino-Americana de Agroecologia (SOCLA), entre outros. 

Simpósio Internacional de agroecologia

Em 2014, a FAO organizou um Simpósio Internacional sobre Agroecologia para a Segurança Alimentar e Nutricional, em Roma, no qual mais de 50 especialistas, incluindo professores e pesquisadores, representantes do setor privado, funcionários do governo e líderes da sociedade civil apresentaram ou fizeram seus discursos para um público de mais de 400 pessoas. 

Como continuação das discussões alavancadas neste Simpósio, coube a FAO organizar três reuniões regionais em 2015: Ásia, África e América Latina para facilitar o diálogo sobre agroecologia, desafios, oportunidades de acordo com as prioridades de cada país. É neste contexto que se realizará o Seminário Regional, em Brasília, Brasil, para a América Latina e Caribe. 

Este seminário é promovido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), Ministério do Desenvolvimento Agrário do Brasil (MDA), Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (CELAC), Reunião Especializada Sobre Agricultura Familiar do Mercosul (REAF MERCOSUL) e Aliança pela Soberania Alimentar na América Latina e no Caribe (Aliança), com o apoio do Programa de Cooperação Internacional Brasil-FAO.