FAO.org

Home > Themes_collector > A Lagarta do Funil do Milho
A Lagarta do Funil do Milho

A Lagarta do Funil do Milho (LFM) ou Lagarta do Cartucho do Milho (Spodoptera frugiperda), é um inseto nativo das regiões tropicais e subtropicais do continente americano. Durante o período larval (ínstares 1 ao 6) pode causar danos significativo aos cultivos se não for controlada adequadamente. Ataca preferencialmente o milho mas pode alimentar-se em mais de 80 espécies de plantas, incluindo o arroz, sorgo, painço, cana de açúcar, alguns cultivos vegetais e o algodão. A LFM foi detectada pela primeira vez na África Central e Ocidental no início de 2016 e se expandiu rapidamente por quase toda África subsaariana. Devido ao comércio e também a grande capacidade de dispersão (pode voar até 100 km por noite) do inseto, o potencial de expansão é preocupante. Os agricultores necessitam apoio para utilizar adequadamente o manejo integrado de pragas nos seus cultivos.

Plataforma global: Sistema de Monitorização e Alerta precoce (FAMEWS)

A FAO e a Lagarta do Funil do Milho

A FAO propôs um programa de ação de cinco anos para ajudar os pequenos agricultores e suas organizações, instituições públicas, governos nacionais e instituições de desenvolvimento rural para responder rapidamente aos desafios da infestação da Lagarta do Funil do Milho na África. A FAO desempenha um papel ativo na coordenação das atividades como os seus sócios, desenvolvendo planos e enfoques para proporcionar soluções sustentáveis ao problema.

Share this page